Anteriormente vimos algumas receitas simples com poucos ingredientes. Agora entenderemos o porquê do aumento do preço Gás LP.

Muitas pessoas têm perguntado aos revendedores o porquê do aumento do preço do gás de cozinha (P-13) ou do gás industrial (P-20 e P-45) e o motivo é que a Petrobras tem reajustado constantemente os preços do GLP.

Nos últimos meses foram feitos vários aumentos no preço do gás pela estatal e muitos desses reajustes, tanto a Rescaroli como outros revendedores, tentaram não repassar para o consumidor final, ou seja, na grande maioria das vezes esse reajuste tem custado o lucro dos revendedores.

“Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, destacou a Petrobras.

Confira os aumentos feitos no valor do gás de cozinha P-13 pela Petrobras:

Data Aumento
08 de Junho 6,7%
05 de Agosto 6,9%
05 de Setembro dissidio coletivo de 3,79%
06 de Setembro 12,2%
26 de Setembro 6,9%
Total 36,49%

E o mesmo aconteceu ao gás P-45 usado pela indústrias. Confira os aumentos que ocorreram pela Petrobras:

Data Aumento
28 de Julho 4,9%
16 de Agosto 7,2%
06 de Setembro 2,5%
27 de Setembro 7,9%
Total 22,5%

O Sindigás emitiu nota em que considerou o reajuste preocupante, “pois afasta ainda mais o preço interno dos valores praticados no mercado internacional, impactando justamente setores que precisam reduzir custos”.

Impacto do Aumento do Preço do Gás LP

Os impactos estão ocorrendo em todo o Brasil, como é o caso do proprietário de uma distribuidora de gás no Cruzeiro Novo, Wellington Marques, 60 anos, comenta que recebeu o anúncio do aumento do valor do produto somente, ontem, por mensagem no celular da engarrafadora. “Ano passado, nos falaram que os reajustes seriam anuais, mas não estava esperando por esse. Recebíamos uma carta com 30 dias de antecedência para nos adequarmos. Dessa vez, só recebi uma mensagem, sem demais detalhes.” O empresário, que está nesse ramo há 20 anos, diz que se aumenta o preço, em geral as vendas caem cerca de 20%.

Dona de um restaurante no Cruzeiro Novo, Érica Vanessa Tenório, 37, usa, no mínimo, dois botijões de gás por dia para atender à clientela. O medo dela é de que o produto que ela oferece também fique mais caro e pese no bolso do consumidor. “Tudo que aumenta, que é relacionado à alimentação e a seu preparo, nos impacta diretamente. Não podemos repassar o valor para nossos clientes. Eles não querem saber se vamos sofrer com o aumento, só não querem sentir o aumento na balança.”

A elevação do preço do gás também gerou repercussão entre as donas de casa. Adalgisa Pereira reclamou dos vários aumentos durante o ano. “Uso dois botijões de gás em uma casa com seis pessoas. Gastar R$ 10 a mais por botijão por mês até que não é muito, mas, se você soma aumentos de combustíveis, água e energia elétrica, fica tudo muito pesado”, afirmou.

Esperamos que não haja mais aumentos no próximo período, para que nossos clientes não sejam prejudicados financeiramente.

Gás para Cozinha e para Empresa em Balneário Camboriú / Santa Catarina

O melhor gás para a sua casa é o da Supergasbras, fornecido pela Rescaroli. O famoso botijão de 13 kg possui combustão controlada e excelente poder calorífico, o que significa mais agilidade para esquentar e cozinhar alimentos.

Para sua empresa é a mesma coisa, o melhor gás é o da Supergasbras, fornecido pela Rescaroli. Fornecemos três modelos, o P13, P20 e P45.

Não fique na dúvida, gás para residência ou empresa em Itajaí, Balneário Camboriú e Navegantes é Rescaroli, é Supergasbras! Peça pelo site clicando no botão abaixo.